Arquivo do dia: outubro 27, 2010

Prazeres e placebos

A cidade não é visitada, mas vendida e comprada. Compro souvenires, bugigangas e amores avulsos. Nas esquinas estrangeiras perco o lar, o lastro e os passos. Peço drinks e sonhos de valsa no balcão de um bar estranho. Me embriago … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | 1 Comentário

Hoje

Há dias assim – em que a vida naufraga espontânea e lúdica, e os paradoxos se dissolvem. O jogo, o luto, as cordas, os nos, os mínimos eus, as ondas, as hordas, todo sentir explode. Os fatos perdem a moldura, … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário

Pra onde?

Nestes tempos de falta de opção eleitoral, por dica do meu amigo Alexandre, li uma matéria saborosa no jornal português Público(http://www.publico.pt/PresidenciaisBrasil2010/Noticias/o-chorinho-no-boteco-ganhou-ao-debate-na-tv_1463019)  A mistura de choro, boteco e eleições deu caldo na reportagem da jornalista Alexandra Coelho.  Mostra como o bom … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário